21 de dezembro de 2009

João Guilherme

É com lagrimas nos olhos que apresento o João Guilherme. Ta certo que não da para ver muita coisa agora, mas o acontecimento em si já vale a pena. E tenho certeza que ele vai sair mais bonito que o pai (o que não é muito difícil). Em menos de seis meses ele vera a luz do sol.
Na hora de escolher o nome optei por um composto, algo como personagem de novela mexicana. Clemente Soriano, Anselmo Guadalupe, lembram da Maria Joaquina e do Jaime Balilo? e assim vai. Não, não é isso não. Eu na verdade gosto do nome Guilherme.

Mas pai e filho homônimos vai dar confusão, os dois vão responder toda vez que chamarem: “Ô Gui, pode vir aqui um pouquinho”. A não ser que coloque Junior, nada contra esse nome, mas daí perde-se o Guilherme no meio do caminho.

Então tive a idéia do nome mexicano, quer dizer o nome composto. Luis Guilherme ou João Guilherme. Ficou decidido João porque se amanhã ou depois vier uma menina será Maria. Daí será João e Maria e a casa de chocolate. É lógico que não sera por isso. Será João por causa do discípulo de Jesus. O duro é que apesar de toda essa história, depois acaba ficando apenas ‘Jão’.

De qualquer forma é com imenso prazer que apresento meu filho para vocês e desejo um sincero feliz natal. Antes de qualquer coisa não se esqueçam. Natal é o nascimento de Jesus, portanto convidem Ele para sua ceia.
Guilherme Palma

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião. Critique, comente a vontade. Comentários com palavrões serão excluídos.